[Spoiler] O bilhete que Arya encontrou

Então, o episódio 7X05 de Game of Thrones acabou – como de costume – deixando algumas dúvidas, entre elas, o que estaria escrito no bilhete que Arya encontrou.

Seguindo Mindinho, Arya encontra um bilhete escondido embaixo do seu colchão. A leitura parece deixá-la verdadeiramente incomodada. O conteúdo da mensagem, no entanto, foi algo que o seriado escolheu não contar ao público.

Não funcionou, é claro, porque bastou um printscreen para perceber do que se trata a carta.

O bilhete é a mensagem que Sansa escreveu sob coação dos Lannister, chamando seu pai de traidor e pedindo a Robb que declarasse lealdade a Joffrey.

 

“Robb, escrevo com o coração pesado. Nosso bom rei Robert está morto, por conta das feridas de uma caçada de javalis. Nosso pai foi acusado de traição. Ele conspirou com os irmãos de Robert contra meu amado Joffrey e tentou roubar seu trono. Os Lannisters estão me tratando muito bem e me dando todo o conforto. Eu te imploro: venha para Porto Real, jure lealdade a Joffrey e evite qualquer conflito entre as grandes casas Lannister e Stark.”

 

O plano de Mindinho – como muitas fontes já suspeitavam desde a época das gravações – é colocar uma irmã contra a outra, provavelmente para isolar Sansa, restando como seu único conselheiro de confiança.

Por isso, Baelish faz Arya vê-lo conversando com vários Lordes, engajados em transações suspeitas, agradecendo o Maester em nome de Sansa e escondendo um bilhete de procedência questionável para que fosse encontrado pela irmã mais nova.

Se Mindinho realmente quisesse se livrar da mensagem para proteger Sansa, ele a teria queimado em um instante. Mas, ao invés disso, como bom agente do Caos que é, aproveita para inclinar a situação a seu favor.

O que me irrita com toda essa cena é que Arya nunca suspeitou que Mindinho pudesse estar tramando algo. Ela subestimou o oponente, e isso não condiz com o crescimento da personagem.

Resta saber se ela vai perceber que está sendo manipulada, ou se Mindinho ainda vai fazer mais algumas vítimas antes do seu tempo nesta Terra acabar.

Deixe uma resposta